maio 26, 2020

Como Funciona o Leilão De Veículos Apreendidos

Por admin

Se você deseja comprar algum veículo, cujo preço não seja tão alto, o leilão é uma ótima opção, segundo diversos compradores, principalmente se o automóvel for um usado ou apreendido.

E como você já deve ter percebido, através do título deste artigo, mostraremos diversas informações importantes que você deve saber, antes que possa efetuar qualquer compra.

Entre as diversas informações que você deve saber, mostraremos aqui, como tudo funciona, quais as taxas, entre outras coisas. Então continue lendo este artigo, que pelo o que já deu pra perceber, será bastante útil e informativo.

 

O QUE É UM LEILÃO DE VEÍCULOS USADOS

Em todos os anos, o número de carros que são apreendidos por agentes do trânsito aumenta, geralmente por cometer alguma imprudência, ou por não efetuar o pagamento necessário, de algumas taxas cobradas anualmente, como o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Mas é claro que existe diversas outras razões, pelas quais são retirados os automóveis de seus proprietários.

Disponibilizar o veículo à leilão, é a última alternativa do Detran. Isso só acontece quando o dono do carro, moto ou seja lá o que está sendo apreendido,

Não faz a retirada do mesmo no pátio, dentro do prazo determinado, que varia de 60 (sessenta) dias, à 90 (dias), o que equivale à mais ou menos 3 (três) meses.

 

COMO FUNCIONA O LEILÃO DE VEÍCULOS APREENDIDOS

Geralmente, os veículos que estão disponíveis para a venda ficam disponíveis para a sua visualização, em pátios das sessões regionais do DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito), divido em lotes, durante um determinado período, que foi definido pelo órgão estadual responsável.

Na visualização do veículo, é possível que veja as suas reais condições, e muitos outros detalhes na qual devem ser levado em conta.

Para que você possa participar deste evento, destinado à venda de veículos apreendidos, é necessário que anteriormente, faça um cadastramento (na qual será mais especificado, no próximo tópico do artigo.

Assim como todos os tipos de leilões, tanto convencionais, quanto online, aquele que oferecer o maior valor pelo veículo, o levará.

Mas saiba, que este valor sempre deve ser superior ao que foi estabelecido antes do início dos lances. Assim que você tem em suas mãos o seu mais novo veículo, é necessário que faça imediatamente um pagamento, a vista, é claro!

O valor que pode ser pago no momento em que já tem o seu automóvel, pode variar entre 20% (vinte por cento) à 30% (trinta por cento), do lance ganhador, que no caso foi o seu.

Ele pode ser efetuado através de um cheque, ou em dinheiro em espécie, se preferir. Caso o leilão for online (que está conquistando cada vez mais), o pagamento deve ser feito através boletos bancários.

Mas é importante ressaltar que independente da maneira que preferir participar de um leilão, em ambos haverá uma comissão destinada aquele que conduz o leilão, mais conhecido como leiloeiro.

Depois de tudo isso, o restante do valor do veículo que deseja comprar, pode ser pago da maneira como foi combinando com a gestora, que pode ser em um determinado prazo, ou em parcelas.

COMO PARTICIPAR DE UM LEILÃO DE VEÍCULOS APREENDIDOS

Como foi dito anteriormente neste artigo; este tópico será destinado à apresentação de como participar de um leilão, cujo veículos foram apreendidos.

Como também foi esclarecido no artigo, é necessário que faça um cadastramento, através de um site, com as documentações que foram solicitas, que normalmente são CPF (Cadastro de Pessoa Física) e CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica).

Isso quer dizer que diferente de alguns outros leilões, este aceita não só pessoas jurídicas, mas também físicas.
Todo o processo de inscrição é gratuito.