Programa Brasil Sorridente 2022: Dentista Gratuito pelo SUS

Confira as principais informações sobre o programa oferecido pelo SUS que promete cuidar da saúde bucal da população mais vulnerável.

Está à procura de um dentista que atenda de graça? Precisando fazer uma limpeza para remover aquele tártaro insistente e até mesmo fazer um implante dentário de graça? Temos exatamente o que você procura.

Acesse mais sobre o programa Brasil Sorridente, o programa foi feito nessa finalidade. Ou seja, trazer qualidade e garantir a saúde bucal dos brasileiros em maior carência econômica e que necessitam de um tratamento odontológico.

Indubitavelmente, o cuidado com a saúde bucal é um dos principais pilares para ter uma vida saudável. Visto que, a privação de higiene pode acarretar diversos tipos de problemas de saúde, como até a perda de dentes, que pode ser solucionada com um implante dentário. Porém, do mesmo modo ter acesso a profissionais dessa área pode ser bem complicado.

Em muitos momentos o tratamento que você busca não se encaixa no seu orçamento e por consequência, você acaba não o realizando. Entretanto, como citamos anteriormente, há como opção bastante eficiente quem busca a tratamentos mais avançados e não tem dinheiro o suficiente para pagar.

 Esta opção é o projeto Brasil Sorridente. Por meio dele você conseguirá ter acesso a um dentista de graça e ainda assim realizar o tratamento dentário sem precisar gastar, sendo possível até mesmo realizar procedimentos mais complexos, como o implante dentário, a fim de trazer uma melhor qualidade a sua saúde bucal.

Portanto, se você ainda não conhece o Projeto Brasil Sorridente e o que é necessário para utilizá-lo, esse artigo irá saciar qualquer dúvida a respeito disso. Sendo assim, confira:

 

O que é o programa Brasil Sorridente?

A falta de acesso a profissionais na área odontológica já foi um grande problema para a população brasileira.

Tanto que há milhares de brasileiros que nunca se quer foram em uma consulta de rotina com um dentista.

Diante disso, o governo brasileiro decidiu achar meios para mudar essa realidade das camadas mais pobres do país.

Sua principal intenção é facilitar o acesso ao serviço de saúde, visto que a falta de higiene bucal pode trazer problemas bucais sérios e que se refletiram em gastos públicos maiores no que se refere a saúde no país.

Desse modo, para que essas situações sejam evitadas, o Brasil Sorridente foi criado em 2004 pelo próprio Sistema Único de Saúde (SUS). Inclusive, o próprio SUS é uma das formas para acessar a dentistas e outros profissionais gratuitamente.

Atualmente, o programa já conta com mais de 1030 Centros de especialidades odontológicas e 185 unidades móveis em todos os estados. O Brasil Sorridente também oferece outros procedimentos além do implante dentário, como retirada de siso, limpeza, prótese, entre outros.

O Programa é composto por:

O programa tem alguns componentes, veja mais a fundo:

Atenção básica

Sendo uma das principais linhas de ação propostas pelo Brasil Sorridente, sua prioridade é oferecer serviços básicos de odontologia para toda a população, procurando em especial prevenir casos mais graves relacionados a saúde bucal.

Atenção especializada

Como mencionamos, o programa Brasil Sorridente é composto por 1030 centros de especialidades odontológicas, junto a eles também há os laboratórios regionais de próteses dentárias.

Essa linha de ação utilizada pelo programa, possui o foco de tratar os problemas mais complexos.

Reconhecimento internacional

O programa Brasil Sorridente foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde, agência especializada das Nações Unidas com o fim de garantir um nível elevado de saúde na população mundial por meio de sua própria constituição, como o maior programa referente a saúde bucal público do mundo.

 

Por onde são realizadas as consultas?

Suas consultas vão ser realizadas dentro das unidades do SUS, estas que são as UBS, UPA e CEO.

CEO é a abreviação de Centro de Especialidades Odontológicas. Em cada centro, terão um total de 4 consultórios de odontologia, aparelho de Raio-x e um laboratório para prótese odontológica.

Além disso, todo esse equipamento utilizado é fornecido pelo Ministério da Saúde, a qual controla e organiza o projeto. Suas instalações ocorrem em parceria com consócios intermunicipais de saúde, prefeituras de suas respectivas cidades e universidades. Lembrando que as consultas são realizadas em todo o Brasil.