O que não te contaram sobre as cirurgias feitas pelo SUS.

Pessoas que necessitam do atendimento, sabem das dificuldades que se enfrenta para conseguir cirurgias, consultas e exames. 

Hoje vou explicar como realizar uma cirurgia pelo SUS.

Depender dos serviços públicos de saúde no Brasil, não é fácil. Ele é um sistema provido com dinheiro de impostos onde todos podem ter acesso.

Porém é essencial dar início a um cadastro e entrar na fila de espera que, conforme o procedimento, poderá levar alguns anos.  

Segundo o SUS, o número de procedimentos cirúrgicos na fila de espera excedeu 900 mil em 2017. E bem provavelmente esses números infelizmente já sofreram um certo aumento desde então.

Milhares de pacientes demoram para conseguir a realização da tão sonhada operação. E em alguns casos, o tempo na fila consegue ultrapassar mais de quatro anos.

O início da pandemia só acabou tornando ainda mais complicada e desesperadora a situação do atendimento ao público brasileiro. 

Hospitais que já não costumavam contar com uma estrutura muito adequada para lidarem com os atendimentos de rotina, viram-se completamente lotados de pacientes com sintomas graves e altamente contagiosos.

E por esta razão, a espera poderá se estender mais, pois o sistema dará preferência para atender pessoas em situação de urgência. 

Portanto, quanto mais pacientes da covid-19 tiverem a necessidade de serem internados, menor será a quantidade de leitos e recursos disponíveis para os outros tipos de tratamento médico.

 

Como faço para marcar uma cirurgia através do SUS?

Existem procedimentos que são distintos, como o caso das cirurgias de urgência, que necessitam ser realizadas entre 24 e 48 horas, e as cirurgias eletivas, as não consideradas emergenciais e que podem ser programadas.

Primeiramente, conforme os diagnósticos e os exames, o médico responsável irá realizar uma solicitação para a cirurgia. 

Em seguida, o próprio paciente deverá dar a entrada neste pedido diretamente no seu posto de saúde, na unidade de seu bairro.

Feito a entrega do pedido, a solicitação irá para o sistema que verificará em quais dos hospitais consta a realização deste tipo de cirurgia. 

Deste modo, o pedido entrará na fila de espera.

Mas se o meu caso for de urgência, ainda sim demora?

Cirurgias consideradas simples geralmente demoram semanas ou até mesmo meses para conseguirem ser marcadas, e as cirurgias mais complexas podem demorar alguns anos.

Infelizmente, até mesmo para a simples marcação de consultas ou a marcação de exames são procedimentos que levam tempo quando feitos pelo SUS.

O tempo estimado para a demora das cirurgias costuma variar de cidade para cidade, onde tudo irá depender da demanda do local.

Se essa possui uma boa infraestrutura para a realização das muitas solicitações e procedimentos exigidos, talvez isso agilize um pouco o processo, mas caso contrário, isso somente auxiliará para o atraso dos atendimentos.

Os pedidos de cirurgias de pessoas que moram no interior tendem a demorar um tempo maior.

Pois essas deverão ser encaminhadas diretamente para a unidade mais próxima da cidade e de hospitais que tenham disponibilidade para atender.

Conforme a fila for diminuindo e consequentemente abrindo vaga para os pedidos feitos, o posto de saúde automaticamente deverá entrar em contato com o paciente e informá-lo o dia marcado para a cirurgia.

Onde o paciente deverá estar com todos os exames em mãos, a autorização e também seguir corretamente com o preparo para os dias que antecedem a cirurgia, conforme a necessidade do caso.

Ou seja, resumidamente, se conseguiu a solicitação da autorização para a cirurgia, o único a se fazer agora é seguir o próximo passo e entregá-lo ao posto de saúde, para que você entre o mais rápido possível na fila, e consiga conquistar esse sonho.