Procedimentos gratuitos pelo SUS que você provavelmente não sabia que tinha direito

De acordo com a constituição, é direito do cidadão o atendimento gratuito de saúde e é dever do Estado realizar. Mas surgem diversas dúvidas sobre quais procedimentos gratuitos são financiados pelo SUS.

Esse sistema de saúde consiste em uma rede de atendimento muito complexa, vai de uma simples aplicação de vacina até uma cirurgia de redesignação sexual, e acredite, é dever do SUS cobrir.

E pode pensar que não, mas até mesmo o tratamento de doenças que são consideradas possivelmente raras e que por muitas das vezes são caras, fazem parte desse sistema.

Apesar disso, sabemos que aproximadamente 80% da população brasileira faz uso do SUS, mas não são todos que conhecem todos os benefícios que são oferecidos por ele.

 

5 procedimentos totalmente gratuitos oferecidos pelo SUS.

  • Redefinição sexual.

Como eu havia citado ali em cima, a cirurgia para mudança de sexo é um dos procedimentos que fazem parte do SUS.

Mas lembrando que esse procedimento pode somente ser realizado por pessoas acima de 21 anos, contanto que o paciente faça o pedido através de uma ação judicial.

Ou seja, apesar da aprovação de realização deste procedimento pelos hospitais públicos, ter sido dada pelo Ministério Da Saúde, não são todas as pessoas que estão autorizadas.

Infelizmente não é um processo muito ágil de ser realizado, leva um pouco de tempo até que o paciente consiga a permissão para dar seguimento a cirurgia.

Somente pessoas com idade entre 21 a 75 anos estão autorizadas à essa cirurgia,e é importante também destacar que devido a delicadeza do procedimento ele inclui a cirurgia e o acompanhamento médico feito mesmo depois da operação.

  • Cirurgia reparadora para mulher

A Lei 13.239/2015 dá direito à cirurgia plástica reparadora para mulheres que foram vítimas de violência, essa é a lei de proteção à mulher.

A lei afirma que a mulher que foi vítima de atos de violência e que em razão disso, ficaram com sequelas físicas e estéticas tem o total direito de poder realizar no SUS, ou seja, realizar gratuitamente, cirurgias plásticas para poder reparar as lesões sofridas.

Esses atos de violência não necessariamente precisam ter sido praticados no local doméstico.

Dessa forma, a mulher terá direito à cirurgia mesmo que as sequelas não sejam resultantes de violência doméstica. 

Um exemplo seria se uma mulher fosse vítima de roubo ou de estupro por um indivíduo estranho, e consequentemente ficasse com sequelas, ela poderá exigir gratuitamente, a realização da cirurgia plástica. 

  • Tratamento para Síndrome de burnout

Síndrome de burnout é um distúrbio emocional e psíquico, decorrente de estresse e esforço excessivo. Tem como um de seus principais sintomas o esgotamento físico e mental intenso.

O SUS oferece o tratamento de atendimento psicológico através da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). 

Oferece de forma completa e totalmente gratuita todo o equipamento necessário, desde o diagnóstico até o tratamento com medicamentos.

  • Tratamento de Alzheimer

A doença do Alzheimer (DA) é um transtorno mental, neurodegenerativo progressivo, que afeta principalmente os idosos. 

A rede pública disponibiliza tratamentos e medicamentos. 

O principal remédio fornecido é o Rivastigmina, que no caso seria um adesivo. Esse medicamento antigamente era oferecido via oral, mas passou a ser adesivo por conta dos desconfortos gastrointestinais dos pacientes que faziam uso dele.

  • Transplante de órgãos

Um dos procedimentos mais caros e com certeza mais delicados, o transplante de órgãos, pode ser feito gratuitamente pelos brasileiros. 

O Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo, onde cerca de 95% das cirurgias do país são realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ele oferece assistência completa ao paciente transplantado, onde além da cirurgia, o SUS fornece os exames preparatórios para a cirurgia, e também o acompanhamento do paciente juntamente com os medicamentos pós-transplantes.